Criança de 10 anos que era estuprada pelo padrasto dá à luz depois de passar mal na escola

Uma criança de dez anos que foi estuprada pelo próprio padrasto deu à luz nesta quarta-feira (15) depois de passar mal na Grande BH. Ela sentiu dores na escola e foi levada para um hospital em Contagem, onde foi confirmado que ela entrava em trabalho de parto. A criança escondia a gravidez porque recebia ameaças de morte do companheiro da mãe.

O suspeito, João Rodrigues de Oliveira, de 40 anos, foi preso em Sabará. Na casa dele, a Polícia Militar encontrou quatro armas e dezenas de munições.

No Brasil, a interrupção da gravidez é permitida por lei em caso de estupro. Como Oliveira teria ameaçado matar a menina e o irmão dela, de dois anos, caso fosse denunciado, a garota não contou nada para a mãe.

A garota confirmou que os abusos ocorreram no fim de 2014, quando ela ficava sozinha em casa com o padrasto enquanto a mãe saía para o trabalho. A mãe afirmou à PM que notou mudanças no comportamento da filha nos últimos meses, mas não desconfiou do estupro.

Oliveira, que já estava separado da mulher, foi levado para a delegacia.

(Fonte: notícia.r7.com)

ANUNCIE AQUI e apoie essa causa!

Publicações relacionadas